Como executar um FSCK em LVM’s ? (Debian/Ubuntu)

November 8, 2012

Quando necessitamos executar um fsck, ou outro tipo de reparo em uma partição LVM – não devemos isoladamente tentar executar fsck diretamente no disco da LVM (como /dev/sdb1).

É recomendado que reinicie o servidor com um disco “LIVE” (pode ser a distribuição que desejar. Utilizamos um Ubuntu Desktop CD iniciado como “LIVE – Try From Disc”)

O FSCK primeiramente precisa reconhecer o volume lógico da LVM; caso você tenha bootado um live CD com o propósito de reparar uma partição danificada.

Vamos aos passos:

Verifique se você tem no live cd os pacotes de manipulação do lvm:

sudo apt-get install lvm2

Após instalado/caso já possua; precisamos detectar os nossos Volumes:

Para facilitar o processo:

# sudo su – root

Em seguida, scaneando por Volumes;

# lvm vgscan -v

Ativar os volumes:

# lvm vgchange -a y

Listar os volumes:
# lvm lvs –all

E agora podemos reparar o volume desejado, como no exemplo:

# fsck -C -y /dev/mapper/volname/volNUmber

Para ter certeza de que você está reparando o volume correto, que apresenta erros; verifique se o mesmo encontra-se listado dentro do volume que você for executar o fsck :

#lvm pvdisplay

Leave a Reply